Professor: Dr. Marco A.R. Mello.  
E-mail/MSN/Gtalk: marmello[at]gmail.com.

Instituição: Departamento de Botânica, Universidade Federal de São Carlos.
Local: UFSCar - PPGERN, na disciplina Tópicos Especiais em Ecologia.
Objetivos:
1. Dar uma base teórica sobre padrões e processos relacionados à frugivoria e à dispersão de sementes;

2. Apresentar alguns dos principais organismos envolvidos nessas interações, assim como trabalhos inovadores que os usaram como modelos de estudo;

3. Treinar os alunos na formulação de perguntas, hipóteses e previsões dentro do tema principal. O trabalho final do curso será um artigo original.

   

Por que fazer este curso?
As interações ecológicas figuram entre os principais processos que arquitetam a biodiversidade. Dentro desse universo de relações os mutualismos têm um papel fundamental, atuando em conjunto com os antagonismos na estruturação e dinâmica dos sistemas naturais. Em algumas localidades tropicais, por volta de 90% das árvores dependem de animais para dispersar suas sementes.

Por isso, é muito importante para a formação de um bom ecólogo conhecer os padrões e processos relacionados à frugivoria e à dispersão de sementes, de modo a compreender melhor a origem da biodiversidade tropical e também a fim de estudar uma das maneiras através das quais animais e plantas podem influenciar-se mutuamente em seus caminhos evolutivos.

   
Avaliação:

Os alunos do curso precisam estar presentes em pelo menos 75% das aulas, para não serem reprovados automaticamente, e serão avaliados com base nos seminários que apresentarem e nos relatórios finais que entregarem.

Seminários: cada aluno deverá apresentar um artigo de grande impacto dentro do tema "frugivoria e dispersão de sementes", dentro de uma seleção feita pelo professor. Cada seminário contará com 10 min para a apresentação e 10 min para a discussão com os colegas.

Relatórios: Após o término das aulas, os alunos terão dois meses para entregar os relatórios finais. O relatório consistirá de um artigo curto e original (nota) dentro do tema geral "frugivoria e dispersão de sementes". Poderão ser usados nos relatórios dados já coletados de cada aluno ou emprestados de colegas, e também dados retirados de bancos online ou compilados a partir da literatura da área. Evitem trabalhos complicados ou extensos. Pensem em perguntas simples e objetivas a serem respondidas, com previsões simples e facilmente testáveis. O relatório poderá ser escrito em Português ou Inglês. O formato do relatório deverá seguir as normas da revista Ecology, categoria "notes", porém com limite máximo de 10 páginas. Consulte as normas em:

https://esapubs.org/esapubs/AuthorInstructions.htm

   

 

Criada em 29/08/20007

Atualizada em 03/06/2008

Agradecimentos: esta disciplina foi inspirada no "Curso Ibero-Americano de Frugivoria e Dispersão de Sementes", que ocorre de 2 em 2 anos, e do qual fui aluno e agora participo como professor. O curso é organizado por professores da UNESP de Rio Claro, da UNICAMP e da Estación Biológica de Doñana (Espanha), além de contar com colaboradores de várias outras instituições de todo o mundo. Também serviram de inspiração dois outros cursos dos quais participo: "Ecologia da Mata Atlântica" e "Ecologia da Floresta Amazônica", organizados por professores da USP, INPA e UNICAMP. Obrigado, Pedro, Mauro, Marco, Wesley e Glauco!